Uma parte dos idosos da faixa etária de 75 anos acima foram vacinados contra a Covid-19 nesta quarta (27).

Mais de 350 idosos na faixa etária de 75 anos acima foram vacinados pelo sistema de organização “Drive Thru” na manhã e início da tarde desta quarta-feira (27-01-2021) em frente ao CVT (Centro Vocacional e Tecnológico de Ipu); alternativa de vacinação usada pela Secretaria de Saúde para evitar aglomerações.

Esses idosos receberam a vacina fabricada pela Oxford do Instituto AstraZeneca da Índia com a parceria da Fundação Osvaldo Cruz, o conceituado Instituto Fiocruz com sede no Rio de Janeiro. O município de Ipu recebeu 410 doses, insuficientes neste primeiro momento; onde precisaremos vacinar cerca de 1.718 idosos desta faixa etária com duas doses de vacinação no prazo de 90 dias para a segunda dose.

Em entrevista com o prefeito Robério Rufino concedida ao nosso redator do Portal de Notícias Aconteceu Ipu, radialista e blogueiro Afrânio Soares, o prefeito agradeceu a compreensão dos ipuenses, garantindo que o seu Governo não medirá esforços para que todos sejam devidamente vacinados nas próximas etapas da chegada de novas doses das vacinas, tanto do Instituto Oxford da Fiocruz como da CoronaVac do Instituto Butantan.

Uma grande fila de carros se formou ao longa da Avenida Coronel Milton Carvalho, Bairro da Caixa D’água. Alguns idosos que compareceram a pé também foram vacinados.

A Secretaria de Saúde do Município organizou todo um esquema devidamente programado com vários funcionários em atividades tanto na vacinação como na coleta de dados pessoais.

Governo Municipal de Ipu

Prefeito Robério Rufino

Secretaria e Saúde do Município

Secretário Sebastião Rufino

Gestão O Progresso Continua

** Postagem e imagens Afrânio Soares.

Notícias recentes

Prefeito Robério Rufino participou nesta terça (20) da entrega “Cartões Nutricash” do Programa Ceará sem fome.

O Governo do Estado do Ceará revelou uma importante atualização nos critérios que regem a seleção dos beneficiários do Cartão Ceará Sem Fome, visando ampliar o acesso a recursos alimentares para aqueles em situação de vulnerabilidade. O anúncio foi feito pelo governador Elmano de Freitas, em conjunto com a primeira-dama Lia de Freitas, como parte